Buscar
  • Rota Smart

Tecnologia no campo aumenta os índices de crimes contra propriedades rurais

A modernização da lavoura, com a adoção de modernas tecnologias rurais, se tornou um dos fatores que passaram a atrair os criminosos para o meio rural, uma vez que esse passou a contar com equipamentos de alta tecnologia, com alto valor comercial, bem como máquinas, implementos agrícolas e veículos.

Durante muito tempo, os habitantes da zona rural tornaram-se alvos fáceis de criminosos que passaram a investir contra essas áreas. Por isso, é cada vez mais comum a adoção de medidas preventivas de segurança.


Um projeto de segurança bem estruturado precisa abranger a proteção da matéria-prima, máquinas e equipamentos agrícolas. Os desvios de combustível e insumos, por exemplo, são extremamente prejudiciais ao produtor, mas a ação pode ser imperceptível, caso não haja uma gestão de segurança eficiente na investigação, elaboração de procedimentos e treinamentos, visando a prevenção de perdas.


O estudo realizado pelo Confederação Nacional da Agricultura (CNA) acrescenta que as autoridades responsáveis pela promoção da segurança pública não estão devidamente preparadas para prevenir e solucionar crimes rurais. Essa condição reforça a importância do investimento em tecnologias, equipamentos e serviços de empresas privadas para prevenir roubos e assaltos a fazendas e propriedades rurais no Brasil.




15 visualizações

© 2019 por Rota Smart - Segurança Inteligente

WhatsApp