Buscar
  • Rota Smart

Dicas para criar senhas seguras para seus dispositivos

O primeiro passo para dificultar ataques e evitar invasões é criar senhas seguras e fortes para os dispositivos conectados à rede, em especial os roteadores. Senhas fracas são uma das portas de entrada para hackers e outros criminosos virtuais. Vamos te mostrar o que não deve ser feito ao criar senhas:


• Quando trocar de senha, certifique-se de que não sejam parecidas com as anteriores;

• Evite utilizar informações pessoais, como datas de aniversário, nomes e placa do carro;

• Não crie senhas baseadas em gostos pessoais, como banda favorita ou clube de futebol do coração;

• Não use senhas sequenciais, como 123456 ou abcdef.

Separamos 3 dicas para criar senhas seguras:


1. Combine letras, números e caracteres especiais


Uma dica para criar senhas mais fáceis de lembrar é tentar substituir algumas letras de uma determinada palavra por números e/ou caracteres especiais semelhantes, que mantenham o sentido do termo.


Por exemplo: é comum associarmos certos símbolos e algoritmos a letras. O @ é frequentemente usado no lugar da letra A minúscula, enquanto que número 4 pode substituir a letra A maiúscula. Assim, em vez de utilizar como senha a palavra “intelbras”, você pode escrever “!nt3lbr@$”, por exemplo.


2. Misture letras maiúsculas e minúsculas


Muitos mecanismos de autenticação são capazes de diferenciar letras maiúsculas e minúsculas. Essa função, chamada de case sensitive, é mais uma aliada do usuário na hora de criar senhas seguras e mais fortes. Isso porque a possibilidade de misturá-las permite a elaboração de combinações praticamente infinitas.


Muitas pessoas, porém, acabam utilizando somente uma letra maiúscula na senha e, geralmente, trata-se da primeira letra. Por isso, outro macete é tentar quebrar esse padrão e inserir letras maiúsculas ao longo da sua senha – sempre em combinação com a primeira dica. Assim, utilizando o mesmo exemplo anterior, a senha “!nt3lbr@$” poderia ficar ainda mais forte se fossem inseridas letras maiúsculas. Exemplo: “!nt3LbR@$”.


3. Crie senhas grandes


A maioria dos mecanismos de autenticação exige um número mínimo de caracteres para as senhas dos usuários. Nesse sentido, sempre que possível, crie senhas que ultrapassem essa quantidade e lembre-se de que, a cada caractere que você adiciona à palavra-chave, mais segura ela se torna.


De uma maneira geral, recomenda-se senhas com, no mínimo, oito caracteres. Voltando ao nosso exemplo, a senha “!nt3LbR@$” já possui nove caracteres. Podemos deixá-la mais segura ao torná-la ainda mais longa. Exemplo: “!nt3LbR@$_Sempr3_Pr0x1m4”



14 visualizações

© 2019 por Rota Smart - Segurança Inteligente

WhatsApp