Buscar

Os índices de criminalidade continuam crescendo. Todos os dias são registrados crimes contra patrimônios, principalmente arrombamentos, onde objetos de valor financeiro e sentimental são furtados pelos criminosos.


Esses crimes deixam prejuízos financeiros e psicológicos. Porém, você já parou para pensar muitas vezes contribuímos para a ação dos criminosos?


Em nossa residência existem espaços que podem ser utilizados pelos ladrões para a invasão do domicílio. Também algumas atitudes precisam ser evitadas.


Por isso, separamos algumas dicas especiais para você se prevenir:


1. INDÍCIOS DE BENS VALIOSOS


Evite jogar as caixas de bens valiosos na lixeira comum. Se possível, rasgue de forma que não seja possível identificar o que é. A caixa de uma televisão, por exemplo, indica uma compra recente de um produto novo. Mesmo caixas pequenas numa sacola tradicional de lixo podem ser vistas devido ao grau de transparência, como caixas de relógio e tênis.


2. DEGRAUS E ESTRUTURAS ESCALÁVEIS


O bandido pode quebrar a corrente que segura o portão ou aproveitar os “degraus” para entrar. Neste caso, evite escolher portões vazados que deixem espaço para os pés. Observe também o muro dos fundos e das laterais e, se possível, invista em opções para dificultar o acesso, impedindo que o assaltante escale para subir. Faça o “caminho do bandido”. Veja todas as possibilidades, com destaque ao apoio das mãos e dos pés.


3. MUROS ALTOS E PORTÕES FECHADOS


Muitos moradores investem em muros altos e portões fechados para ter mais privacidade. Porém, isto pode esconder das pessoas que passam na rua, e até de vizinhos, o que acontece na casa. O bandido pode se aproveitar disso para agir sem levantar suspeitas. Há casos em que os assaltantes abrem o portão e colocam um carro na garagem. Assim, abastecem o veículo com os itens roubados sem que ninguém veja. Além disso, ao contrário do que muitos pensam, o portão acionado por controle remoto não é muito seguro, pois a trava pode ser retirada manualmente em caso de falta de energia elétrica. Para aumentar a segurança, uma alternativa é acoplar um cadeado nesta trava.


4. CORTINAS DE TECIDOS LEVES


Algumas cortinas translúcidas podem permitir que o bandido veja o interior da casa e seus moradores antes de invadir o local, contribuindo para o planejamento da ação.


5. FALTA DE COMUNICAÇÃO ENTRE OS VIZINHOS


Ter uma boa relação com a vizinhança é um ponto positivo para a proteção de residências. Se o vizinho se preocupa e fica de olho na movimentação da casa ao lado, acaba por se tornar um aliado e contribui para a tranquilidade e segurança na região.


6. AUSÊNCIA DE SEGURANÇA ELETRÔNICA, COMO O ALARME MONITORADO


Soluções como câmeras permitem ver o que está acontecendo no local, além de gravar as movimentações que acontecem. Já o alarme monitorado Rota Smart possui sensores instalados nos acessos e ambientes que podem ser invadidos por bandidos e enviam sinais para nossa central de monitoramento 24h, que avisam os responsáveis e alertam as autoridades, se necessário. Além disso, a sirene do alarme chama a atenção de vizinhos e o próprio bandido pode se sentir mais pressionado nesta situação.




106 visualizações0 comentário

Não importa se é gato, cachorro ou papagaio: os pets são considerados os melhores companheiros de muitas famílias. Para eles, os bichinhos são indispensáveis para dar alegria e vida ao lar, além de fazer uma ótima companhia para a família.


É por esse motivo que não podemos esquecer de vigiar os nossos animais quando projetamos a segurança do lar. Afinal, nem sempre podemos estar presentes para oferecer proteção.


Por isso, disponibilizamos na Rota Smart um auxílio nos cuidados com os pets. Quando nossos clientes viajam, realizamos cuidados básicos com os animais de estimação, como alimentar, fornecer água e outros cuidados básicos.


Os patrulheiros vão até as residências e realizam esses serviços, inclusive repassando informações aos clientes.


Monitoramento


Com os avanços tecnológicos na área de segurança, hoje você pode inclusive monitorar os pets 24 horas por dia, por meio de câmeras que podem ser visualizadas através do nosso aplicativo, por exemplo.


Esses sistemas de segurança são pensados justamente para pessoas que têm animais em casa. Além de proteger sua casa, ainda é possível realizar esse monitoramento.


O cachorro não é segurança


Muitas pessoas ainda têm o pensamento errado que a responsabilidade pelo segurança da casa é do cachorro. Com isso, são cada vez mais comuns casos de envenenamento, ocasionados principalmente por bandidos que planejam invadir uma residência, por exemplo.


O cão deve sempre fazer parte do núcleo familiar e não deve ser destinado a segurança da residência. Por isso, oferecemos sistema de segurança, monitorados 24h por dia, evitando que esse tipo de situação aconteça.



83 visualizações0 comentário

Há poucos anos, a Rota Smart utilizava apenas câmeras analógicas conectadas a aparelhos de gravação (DVRs) por cabos coaxiais. Com o desenvolvimento de sistemas CFTV digitais, câmeras IP passaram a ser utilizadas para sistemas de monitoramento, tanto empresariais quanto domésticos.


Uma câmera IP é um equipamento que pode ser instalado e conectado a uma rede (Intranet) já existente, ou acessada independentemente através de um IP próprio por meio de um navegador Web.


Em um sistema CFTV com diversas câmeras IP, as mesmas podem ser conectadas ao APP da Rota Smart, onde você consegue acompanhar as imagens em tempo real e gravações.


Nos últimos anos, as câmeras IP se popularizam muito, principalmente para o uso doméstico. Dentre essas funcionalidades, podemos citar:


- Monitoramento contra roubos e furtos, principalmente como inibidor

- Acompanhamento de funcionários

- Monitoramento remoto de crianças, bebês e até animais de estimação



152 visualizações0 comentário

© 2021 por Rota Smart - Segurança Inteligente

WhatsApp